março 1, 2021 6:07 pm

FAZENDAS FOTOVOLTAICAS – O SOL NASCE PARA TODOS

A região Norte de Minas Gerais é um excelente lugar para a geração de energia solar fotovoltaica, pois tem níveis de insolação próximos às melhores regiões do planeta. Em microrregiões ao norte do estado (Janaúba e Jaíba), o sol sempre foi considerado um castigo diante da seca histórica, e que agora vive a expectativa de receber grandes investimentos no aproveitamento da fonte limpa.

O maior projeto de energia fotovoltaica do Brasil está sendo implantado em Jaíba, no Norte do Estado de Minas Gerais, no valor de R$ 6 bilhões e, sozinho, terá capacidade total instalada de cerca de 1.357 megawatts, fazendo com o que o Estado tome a liderança no setor.

A Energia fotovoltaica é a energia elétrica produzida a partir da luz solar, e, mesmo em dias nublados ou chuvosos, ainda pode continuar sendo produzida. Mas quanto maior for a radiação solar maior será a quantidade de eletricidade produzida. Segundo a Absolar, devido à longa vida útil e alta durabilidade dos seus equipamentos e sistemas, os benefícios trazidos pela energia solar fotovoltaica permanecem sólidos com o passar dos anos. Isso faz da tecnologia uma opção atrativa para investidores, inclusive nesse momento em que os consumidores se sentem pressionados a buscar formas de reduzir seus gastos mensais com energia. É considerada uma energia limpa, renovável e barata, que reduz a emissão de gases de efeito estufa e poluição do meio ambiente.

O segmento de energia solar fotovoltaica teve um bom ano em 2020. A capacidade de geração de energia solar (limpa e renovável) saltou 64% na comparação com 2019, chegando a 7,6 gigawatts de potência operacional, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

No segmento da geração distribuída, que é o que atende o consumidor residencial majoritariamente (73% dos sistemas instalados) e onde operam a maioria dos negócios do setor, grande parte deles de pequeno e médio portes, esse aumento foi ainda mais expressivo: 100% mais capacidade de gerar energia solar entre 2020 e o ano anterior, saindo de 2,1 GW em 2019 para 4,5 GW no ano passado.

Na última década, uma série de fatores, como novas legislações, barateamento de equipamentos e até mesmo o aumento no preço da energia elétrica, tornou a energia solar (ou fotovoltaica) uma alternativa interessante aos olhos do produtor rural, que está cada vez mais conectado e – portanto – mais dependente da energia. Se antes os painéis solares eram equipamentos caros para fazer a conversão da luz em energia valer a pena, hoje, com a disponibilidade de novas linhas de crédito e novas possibilidades de arranjo junto à rede elétrica, essa opção se tornou bastante atrativa.

Passarela de pedestre com células de energia solar

Em 2015 a Ecopontes produziu uma passarela mista de aço e concreto com iluminação em lâmpadas de led alimentadas por células de energia solar.

A foto mostra um modelo de produto da Linha EcoPassarela, da Ecopontes, que é desenvolvida dentro das mais modernas técnicas de fabricação de passarelas metálicas em desníveis aéreos e de superfície. São destinadas à transposição de vias rodoviárias, ferroviárias, rios, córregos, entre outros ambientes.

Esta EcoPassarela foi desenvolvida pela Ecopontes e está localizada em uma rodovia na Microrregião Ourinhos no centro do Estado de São Paulo, próximo da região de Bauru. A finalidade desta passarela de pedestre é transpor pista dupla para acesso ao outro lado da rodovia, ligando o ponto de ônibus com o bairro da região.

Conheças mais ações que fazem da Ecopontes uma Empresa Sustentável, confira todas as Obras e Construção de Pontes da Ecopontes.

Conheça a Ecopontes e baixe o nosso Catálogo de produtos

Se você quer conhecer as diversas soluções oferecidas pela Ecopontes, baixe nosso catálogo de produtos! É simples, rápido e gratuito clique aqui para baixar.

Categorizados em:

Este artigo foi escrito porEcopontes


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *